sábado, 6 de setembro de 2014

A importância do pH na água potável

*Conversando com a minha filha sobre a questão do pH na água e sua importância, fui despertada para um assunto pouco ou quase nada discutido. 
Já estou preparando uma palestra para ser apresentada em comunidades, escolas, empresas...
Abaixo transcrevo um breve texto que explica a grande importância do pH na água potável.
Sandra de Andrade - Coordenadora Nacional do PRB Alimentação e Agricultura


O monitoramento do pH é um importante indicador sobre a qualidade da água. O pH ideal está entre 7,0 a 7,5. Uma água de qualidade, além da purificação precisa estar com pH adequado, ter boa condutibilidade, ser antioxidante e ter tensão superficial baixa. Esta é a característica da água alcalina ionizada, o tipo ideal para consumo humano e também para a gravidez. Águas minerais ricas em sódio geram muita retenção de líquido, além de terem um gosto salgado.

Beber água com pH neutro ou levemente alcalino contribui, também, para que nosso corpo mantenha o pH nos níveis adequados.

Este procedimento é o indicado em um “cenário ideal”. Mas, como todos sabemos, levamos uma vida muito agitada e na correria do dia a dia acabamos ingerindo alimentos e líquidos industrializados com alta acidez, como por exemplo, refrigerantes de cola, que tem pH de 2,7 (muito ácido). Por isto, acaba sendo necessário ingerir água com pH maiores (entre 8 e 10) para compensarmos a acidez causada pela ingestão destes alimentos. Para se ter ideia, apenas para compensar o “estrago” que uma lata de refrigerante causa em nosso organismo é necessário ingerir mais de 30 copos d’água, que irão ajudar a equilibrar o pH do corpo  alterado pelo refrigerante.


Nenhum comentário:

Postar um comentário